quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

"Não acomodar com o que incomoda..."

2011 foi um ano de "delícias nesse caos".
A única promessa de Ano Novo que eu vou fazer é mudar o que me incomoda, correr atrás dos meus objetivos, lutar pra ter força e saúde pra ir atrás do que eu realmente quero!
Sinto que é o ultimato, o agora ou nunca! Difícil? Muito! Mas "Eu quero, eu posso, eu consigo!"
Só quero paz... paz, serenidade e saúde, pra mim e para as pessoas que eu amo!
Um Feliz Ano Novo pra vocês!
Sucesso!
Tim-Tim =)


 "É chegado o dia em que a gente faz um monte de coisas pela última vez, e outras pela primeira. A gente promete deixar de fazer isso, passar a fazer aquilo, mudar, mudar, e mudar de novo. No entanto, esse ano eu vou tentar diferente. O que eu quero agora é dar continuidade. Eu quero tudo que eu já tenho, só que em quantidades maiores, muito maiores. Será que é pedir demais?

É chegado o dia em que a gente vai parar de fazer as coisas pela metade, para fazê-las de verdade. Não mais direi meias-palavras, muito menos acreditarei em meias-verdades. Eu quero a verdade por inteiro, e quero que ela seja dolorida, se tiver que ser, ou prazeirosa, ou como eu bem quiser - mas que seja de verdade! Eu quero conhecer as pessoas por completo, ir além da casca e, em suas almas, encontrar as ferramentas para curar as feridas da minha. Para que isso aconteça, vou me relacionar além da superfície, e ver que há algo por detrás dos olhos, e que o abraço não traz apenas calor. Que risquem dos dicionários a solidão. 

Quero conseguir ouvir mais do que palavras e arrancar sorrisos que contenham mais do que dentes e gengivas. Eu quero sorrisos nos olhos. Quero que o choro seja mais do que simples murmúrio e que as risadas me tragam a paz que eu preciso. Digo isso pois tenho certeza de que a alegria vai ser intensa, e as felicidades não caberão em mim, forçando-me a dividi-la com todos que fazem questão de viver ao meu redor.

E que o amor arrebate. E que seja forte, contagioso e incurável.Que venha o melhor ano de nossas vidas."
(Lucas - Fresno)

domingo, 11 de dezembro de 2011

"Porque aprendi, que a vida, apesar de bruta, é meio mágica. Dá sempre pra tirar um coelho da cartola."

Acho que é isso mesmo!
As vezes a gente fica meio encucada com tanta coisa ruim, vivendo naquele  baixo astral, que acaba atraindo tudo que não é bom, acaba virando esponja.
Tô numa vibe completamente diferente, só em busca de gente iluminada e que me faz bem, que fale coisas boas, que me acrescente, que me faça uma pessoa melhor, que faça a minha vida melhor.
Meu Ano Novo já começou, e estou cheia de planos... planos, não promessas!
Vem que vem 2012! Tim-Tim

"E muito pra mim é tão pouco
E pouco é um pouco demais
Viver tá me deixando louca
Não sei mais do que sou capaz
Gritando pra não ficar rouca
Em guerra lutando por paz
Muito pra mim é tão pouco
E pouco eu não quero mais..."

"É, o teu castigo
Brigou comigo
Sem ter porque
Eu vou festejar, vou festejar
O teu sofrer, o teu penar
Você pagou com traição
A quem sempre lhe deu a mão..."

domingo, 20 de novembro de 2011

"Quando você ficar triste que seja por um dia, e não o ano inteiro..."

Como tem gente vampira nessa vida né!
Que te suga, que te deixa na bad, que só sabe falar de coisa ruim... sai pra lá!
Ainda bem que cada vez mais aprendo a ficar no meu cantinho, com as minhas coisinhas e sempre rodeada de quem me faz bem, tem astral lá em cima, que sabe falar muito mais que "sobre dinheiro e trabalhar."
Eu quero paz, quero alegria, quero esperança... de ruim já basta algumas coisas da vida... faça seu momento comigo ser agradável, não um martírio!
"Paz, eu quero paz, quero dançar com outro par, pra variar amor..."
Obrigada Los Hermanos, por fazer uma turnê em 2012!
Obrigada Monobloco, por fazer show aqui dia 02 de dezembro!
Obrigada Jay Vaquer, pelo show do dia 17 de dezembro!
Obrigada Frejat, pelo show lindo do dia 18! Quase chorei em tantas músicas e me diverti tanto em outras...
Sim, pra mim, música é salvação!
Ótima semana a todos!

"Saudações a quem tem coragem,
aos que estão aqui pra qualquer viagem.
Não fique esperado a vida passar tão rápido
a felicidade é um estado imaginário"

sábado, 5 de novembro de 2011

"Ninguém sabe mexer na minha confusão..."

Meu quarto está uma bagunça!
Vai ter guarda-roupa novo, pintura nova, roupas novos, sapatos novos... e espaço para um monte de coisas novas, porque as velhas foram todas pro lixo!
Minhas agendas-diários, agora estão no caminhão de lixo, os lixeiros levaram hoje, eu vi!
E não me chamem de radical... tem coisas na vida que não basta a gente virar a página, a gente tem que rasgar (e se eu pudesse, colocava fogo!). Não preciso ficar lendo aquilo pra lembrar do que vivi, afinal, está tudo na cabeça, no coração, sei lá onde está, mas está aqui e em mim.
Meu quarto está uma bagunça, minha vida também...
Onde? Qual foi o momento que eu me perdi?

domingo, 23 de outubro de 2011

"Manda seu boing na torre, não desabo..."

Bom Dia Domingo Ensolarado!
E não é que estou viva?

Jay Vaquer dia 14/10/2011 no Tom Jazz em Sampa!
Perfeito!
"De onde vens
Leva o que eu nem sou
E fui muito mais
Da boca pra dentro
Foi por um triz
Noutra condição
"muito prazer, sejamos felizes!"
Se a obra do acaso acabou
Na quase linda história de amor
Vou guardar lembranças do que não viveremos
Tão bom enquanto não durou
Tanta perfeição..."

(Quase Linda História De Amor - Jay Vaquer)

sábado, 24 de setembro de 2011

"...me resta então, aproveitar delícias nesse caos."

Por mais que a gente fuja, sempre chega aquele momento da vida que a gente tem que parar pra refletir, ver o que está fazendo, o que está certo, errado, o que a gente quer pra si. E pra mim, está chegando aos poucos. Estou tentando solucionar, resolver, viver melhor...
Certas coisas não vivem de reticências, e sim de pontos finais, por mais doloridos que eles possam ser.

"...a ventania de primavera levando para longe os últimos maus espíritos do inverno, cheiro de flores em jardins remotos."
(Caio Fernando Abreu)

terça-feira, 6 de setembro de 2011

"É preciso força, pra sonhar e perceber, que a estrada vai além do que se vê..."

Nem acredito que esse mês de agosto passou!
Nem acredito que estou mais calma, que as coisas estão fluindo, que estou em paz!
Nem acredito que estou longe de tanta gente ruim, vampiros, que só sugavam a minha energia e que me deixavam com a pior sensação do mundo!
Nem acredito que as coisas estão voltando ao normal...
Nem acredito que voltei a sonhar, a acreditar, a ter esperança...
Mas sempre acreditei: "Tudo vai passar..."

"A gente carrega dentro do peito todos os sonhos do mundo.
Isso é tão bonito, tão encantador, tão cheio de esperança.
Acho que é isso: precisamos da esperança, precisamos acreditar naquela fagulha que fica lá dentro dando a entender que tudo vai clarear, clarear, clarear."
(Clarissa Corrêa)


domingo, 21 de agosto de 2011

"Me mande mentalmente coisas boas, tenho tido dias tão difíceis."

Se é pra ser filho da puta, entrar em jogo sujo e se aproveitar dos outros pra subir na vida, to fora.
Mas se essa roda imunda começa a me prejudicar... eu sou boazinha, mas quando eu quero, sei ser bem maléfica!


sábado, 6 de agosto de 2011

"Paciência e Fé"

Como disse meu guru Caio Fernando Abreu, "Para atravessar agosto é preciso antes de mais nada, paciência e fé."
Paciência, o que é isso? Ando cada dia mais agitada, nervosa, querendo jogar tudo pro alto, um horror! No trampo então, nossa... a coisa ta terrível! Mas a fé continua inabalável, em pé!
"Se Deus quiser, tudo tudo tudo vai dar pé!"
Queria ter mais força de vontade sabe? Juro que queria! Queria que não passassem tanto a mão na minha cabeça! As vezes a gente implora, grita por socorro, por ajuda e as pessoas não percebem, estão ligadas muito em seu umbigo.
Sei que tem que partir de mim, mas as vezes é bom quando alguém te dá um tratamento de choque, um chega, um basta...
E posso te falar uma coisa? "Você me diverte, mas me cansa." E quando o cansaço supera a diversão baby, é tudo questão de tempo!
Fé pra todos, sorte e sucesso pra mim!
Au Revoir!

"Para atravessar agosto ter um amor seria importante, mas se você não conseguiu, se a vida não deu, ou ele partiu – sem o menor pudor, invente um. Pode ser Natália Lage, Antonio Banderas, Sharon Stone, Robocop, o carteiro, a caixa do banco, o seu dentista. Remoto ou acessível, que você possa pensar nesse amor nas noites de agosto, viajar por ilhas do Pacífico Sul, Grécia, Cancún ou Miami, ao gosto do freguês. Que se possa sonhar, isso é que conta, com mãos dadas, suspiros, juras, projetos, abraços no convés à lua cheia, brilhos na costa ao longe. E beijos, muitos. Bem molhados.
Não lembrar dos que se foram, não desejar o que não se tem e talvez nem se terá, não discutir, nem vingar-se, e temperar tudo isso com chás, de preferência ingleses, cristais de gengibre, gotas de codeína, se a barra pesar, vinhos, conhaques – tudo isso ajuda a atravessar agosto. Controlar o excesso de informações para que as desgraças sociais ou pessoais não dêem a impressão de serem maiores do que são. Esquecer o Zaire, a ex-Iugoslávia, passar por cima das páginas policiais. Aprender decoração, jardinagem, ikebana, a arte das bandejas de asas de borboletas – coisas assim são eficientíssimas, pouco me importa ser acusado de alienação. É isso mesmo, evasão, escapismos, explícitos.
Mas para atravessar agosto, pensei agora, é preciso principalmente não se deter de mais no tema. Mudar de assunto, digitar rápido o ponto final, sinto muito perdoe o mau jeito, assim, veja, bruto e seco:."
(Caio Fernando Abreu)

domingo, 24 de julho de 2011

Back To Black...

"Ah can I play myself again?
Or should I just be my own best friend?
Not fuck myself in the head with stupid men
He walks away
The sun goes down,
He takes the day but I'm grown
And in your way
In this blue shade
My tears dry on their own"(Tears Dry On Their Own - Amy Winehouse)

Essa foto foi numa festa a fantasia, onde fui fantasiada de Amy Winehouse, que infelizmente morreu ontem... 
Que ela consiga a paz que ela nunca teve...

segunda-feira, 27 de junho de 2011

"Comer, Rezar, Amar..."

Quanto tempo não passo por aqui né!
    Pois então, fui viajar! Primeira vez que andei de avião, tão emocionante =)
Fui pra Gramado passar um friozinho bom!
Pra ilustrar um pouquinho desses 7 dias maravilhosos que passei lá, vou colocar umas fotos baseado em "Comer, Rezar, Amar..."
Como vocês podem perceber, as fotos do amar estou sozinha... mas não se pode ter tudo nessa vida né!


Comer:



Rezar:


Amar:

(..) como uma criança temendo pecado, punições de anjos vingadores com espadas flamejantes, prometo a mim mesmo nunca mais ouvir, nunca mais ter a ti tão mentirosamente próximo, e escapo brusco para que percebas que mal suporto a tua presença, veneno veneno, às vezes digo coisas ácidas e de alguma forma quero te fazer compreender que não é assim , que tenho um medo cada vez maior do que vou sentindo em todos esses meses, e não se soluciona, mas volto e volto sempre, então me invades outra vez com o mesmo jogo e embora supondo conhecer as regras, me deixo tomar inteiro por tuas estranhas liturgias, a compactuar com teus medos que não decifro, a aceitá-los como um cão faminto aceita um osso descarnado.(..) 
(Caio Fernando Abreu)

quarta-feira, 8 de junho de 2011

"Tão García Márquez, feito personagem de Cem Anos de Solidão..."

Sem muita coisa pra dizer...
Minha amiga Amelie Poulain mandou muito bem quando disse a frase "São tempos difíceis para os sonhadores..." e são mesmo... mas se Deus quiser, vai passar... porque se não passar, não vejo mais sentido em continuar aqui. Aliás, faz tempo que não vejo, e continuo nessa de sobreviver...
O que me salvou esses dias foi mais um show do Dance Of Days onde pude colocar pra focar todos esses demônios que moram dentro de mim e encontros com vários amigos diferentes... e são essas pequenas coisas que continuam me deixando em pé. E são essas pequenas coisas que me fazem seguir em frente.

Trecho do livro "Amei, Perdi, Fiz Espagueti". Esse livro fala tanto, tanto por mim...

segunda-feira, 23 de maio de 2011

"Quem faz sentido é soldado..."

Sabe quando você deveria estar no ápice, no climax da alegria e parece que tudo começa a desandar?
Eis-me assim...
Difícil ter paz na cabeça, na vida, no coração...
A única coisa que anda me fazendo feliz é a proximação das minhas férias... mas ao mesmo tempo me vem todo esse turbilhão de sentimentos, essa sensação de angústia, que só quem sente sabe o que é!
A única coisa que me fez extremamente feliz esses dias? Show do CPM na Virada Cultural... Que show maravilhoso! Cada música cantada com a alma... Quase chorei!
Mas Deus é bom, é sim, e vai me dar fé e força pra enfrentar toda essa tempestade que vem por aí... e se eu não tiver, eu vou inventar... afinal "Não há de ser nada..."
"Mas sabes principalmente, com uma certa misericórdia doce por ti, por todos, que tudo passará um dia, quem sabe tão de repente quanto veio, ou lentamente, não importa."
(Caio Fernando Abreu)

domingo, 8 de maio de 2011

"Nunca se esquecer, quando se tem uma dor, que a dor passará."

Quanto tempo não venho aqui...
Cada dia menos tempo, cada dia menos vontade, cada dia mais aborrecida...
É TPM, é Tensão Pré Férias, é ansiedade, é sei lá o que! Só sei que queria que as coisas estivessem diferentes...
Será que eu acordei tarde demais?
Mas o importante é acordar né... então, to renascendo!
É muito bom quando acontece certas coisas na nossa vida pra gente ver qual realmente é a nossa essência! E a minha nunca será passar por cima de ninguém pra conseguir me dar bem, pra conseguir cargos maiores, pra conseguir mais dinheiro... acredito que pessoas que conseguem as coisas desse jeito caem de tão alto que a dor é insuportável, é quase um óbito! E eu acredito sim, que tudo que vem fácil, vai fácil! E eu quero assistir de camarote, um por um, caindo, sofrendo e morrendo por dentro... que creio que essa é uma das piores mortes!
Valores pra que né?
Pior que esse tipo de gente fica perto de você 5 minutos e suga todas as suas energias sabe? Credo!
Mas nem tudo é tristeza... fui no teatro ver a peça do Paulo Gustavo "Minha Mãe É Uma Peça" e uma peça de atores aqui de Santos, em balada, li livros, dei risada com os amigos e a vida segue...
Segue? Ou em uma parte parou no tempo?
Preciso dormir por uns 10 anos...
Sem mais!

"Queria saber: depois que se é feliz o que acontece? O que vem depois?"

(Clarice Lispector)

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Quem é mais sentimental que eu?

"Tenho andado tão inquieto que, até beijo de seriado me arranca um suspiro..." (Dance of Days)
Inquieta, sentimental, chorona, tudo junto... mas feliz, cheia de idéias, cheia de esperança, cheia de paz...
"Quero fugir das derrotas, sorriso na cara, estou de volta!" (CPM22)

"Ele pode estar olhando tuas fotos neste exato momento. Por que não? Passou-se muito tempo, detalhes se perderam. E daí? Pode ser que ele faça as mesmas coisas que você faz escondida, sem deixar rastro nem pistas. Talvez, ele passa a mão na barba mal feita e sinta saudade do quanto você gostava disso. Ou percorra trajetos que eram teus, na tentativa de não deixar que você se disperse das lembranças. As boas. Por escolha ou fatalidade, pouco importa, ele pode pensar em você. Todos os dias. E, ainda assim, preferir o silêncio. Ele pode reler teus bilhetes, procurar o teu cheiro em outros cheiros. Ele pode ouvir as tuas musicas, procurar a tua voz em outras vozes. Quem nos faz falta, acerta o coração como um vento súbito que entra pela janela aberta. Não há escape. Talvez, ele perceba que você faz falta e diferença, de alguma forma, numa noite fria. Você não sabe. Ele pode ser o cara com quem passará aquele tão sonhado verão em Paris. Talvez, ele volte. Ou não." (Autor Desconhecido)

sexta-feira, 15 de abril de 2011

sábado, 2 de abril de 2011

Minhas malas coloquei no chão, eu voltei...

Senta que lá vem história...

Voltei!
Quantos dias sem aparecer né?
Precisava desse tempo pra mim... precisava desse tempo pra pensar na vida, pra tentar colocar as coisas no lugar, pra ver qual o caminho que estou seguindo e qual é o que eu quero seguir. Acho que tomei uma decisão. Prematura? Não sei. Mas do jeito que está não dá pra continuar. Nas minhas férias correrei atrás disso e vamos ver no que vai dar. Porque esse negócio de "deixa  vida me levar, vida leva eu" não dá muito certo quando a gente não tem muita força pra lutar atrás do que a gente quer. Infelizmente nem sempre querer é puder e eu cresci com a Xuxa dizendo que "tudo o que eu quiser, o cara lá de cima vai me dar, me dar toda coragem que puder, e que não me falte forças pra lutar." e Xuxa, no auge dos meus 26 anos, é injusto dizer que não tenho nada, afinal casa, comida, salário, família, amigos, isso não me falta. Mas me falta realização pessoal e profissional e por isso não consigo ter a paz e a sanidade que preciso...
Pois então... no auge dos 26... fiz aniversário!

Pic Pic Parabéns pra mim!
Completei 26 anos com parabéns no inglês, parabéns no trampo e com uma baladinha com os amigos. Tão especial! Claro que faltou gente, mas os que estavam presentes encheram meu coração de paz, amor e alegria. AMO incondicionalmente meus amigos!

E teve o famoso "Fica! Vai ter bolo" aqui em casa com a família! Eles me deram uma máquina digital nova e linda, já que a minha já estava pedindo socorro coitada! Mas ela as vezes é modernosa demais, e me irrita um pouco kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Sexo sem Compromisso: 

O Divã:
"Sempre desprezei as coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como 
mais ou menos, um filme mais ou menos ,um livro mais ou menos. 
Tudo perda de tempo. 
Viver tem que ser perturbador, é preciso que nossos anjos e demônios sejam despertados, e com eles sua raiva, seu orgulho, seu asco, sua adoraçao ou seu desprezo. 
O que não faz você mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia."
(Trecho do livro "O Divã")

Diário de Uma Paixão:
"Não sou nada especial; disso estou certo. Sou um homem comum, com pensamentos comuns e vivi uma vida comum. Não há monumentos dedicados a mim e o meu nome, em breve, será esquecido, mas amei outra pessoa com toda minha alma e coração e, para mim, isso sempre bastou."
(trecho do livro "Diário de uma Paixão")

E é isso... fiz aniversário, chorei, vi filme, vi livro, dei risada, trabalhei igual louca, tive altos e baixos no inglês, comprei roupa, dancei, conheci gente nova, continuo amando as pessoas velhas, comecei dieta, comi doce igual doida, chorei de soluçar, tive mão estendida, peito largo, abraço apertado e palavra amiga pra consolar... e assim eu vou caminhando...
JURO que vou tentar seguir o que o Teatro Mágico me ensinou "Viva a vida mais leve, não deixe que ela escorregue, que te cause mais dor..."


terça-feira, 15 de março de 2011

"Mas mesmo assim acordado, o pesadelo continua..."

Sei lá... parece que faz tempo que arrancaram meu coração.
E eu não tenho muita disposição pra várias coisas e a vida entrou num automático sem fim.
É o trabalho massante, é o curso de inglês sem motivação, são os atritos em casa... são os lobos em pele de cordeiro.
Tá tudo chato!
E nem os fiins de semana com os amigos andam salvando mais... as vezes cansa isso de sair, beber, rir dos outros, rir de si e voltar pra casa com o mesmo vazio.
E hoje eu chorei tanto, tanto, tanto... e se me perguntarem o verdadeiro motivo eu não sei dizer.
Mas talvez tenha chorado pela pessoa sem perspectiva que ando me tornando... meio sem chão, meio sem nada, e ao mesmo tempo com tudo.
Está tendo terremoto no Japão, fome na África, etc e tal e as vezes eu me sinto até culpada de ficar me lamentando sabe?
Mas sei lá... deve ser o inferno astral!

"Se o chão abriu sob os seus pés
E a segurança, sumiu da faixa
Se as peças estão todas soltas
E nada mais se encaixa
Oh, crianças, isso é só o fim..."(Só o Fim - Camisa de Vênus)

terça-feira, 8 de março de 2011

Todo carnaval tem seu fim...

Bruna Surfistinha na Quinta feira com amigos!


Eu a jurupinga começando bem o carnaval na sexta!


Cisne Negro! Muito bom o filme!


 "Mulher Perdigueira", do Fabrício Carpinejar, muito bom!
"Homem não gosta de mulher que insiste com recados consecutivos, mas também não gosta de mulher que não telefona. Mulher não gosta de homem que a persegue, mas também não gosta de homem que não a procura. Homem não gosta de mulher fácil, mas também não gosta de mulher difícil. Mulher não gosta de homem doce, mas também não gosta de homem rude. Homem não gosta de mulher que fica com muitos, mas também não gosta de encalhada. Mulher não gosta de mulherengo, mas também não gosta de travado. Homem não gosta de ser questionado, mas também não gosta de ser esquecido. Mulher não gosta de ser contrariada, mas também não gosta de gente passiva."
(Trecho da Crônica "Impossível" - Pág 296)


Desfile das Escolas de Samba de Santos no dia 07/03!

Saldo positivo do Carnaval até! Deu até pra brincar bastante de ser feliz! Amanhã bora voltar pra realidade e esperar o próximo feriado em Abril!

"Deu vontade de ficar mais tempo junto, deu vontade de levar essa história até o fim – e eu não tenho a menor idéia do que você pensa a respeito, a gente não conversa sobre isso, só fica fazendo uma linha nada-tem-muita-importância, ou algo assim."
(Caio Fernando Abreu)

domingo, 27 de fevereiro de 2011

But girls they wanna have fun!

Aliados:

Dance of Days:

Aniversário de 2 amigos queridos:
Fevereiro vai embora deixando saudades...

"Ela vai mudar, vai gostar de coisas que ele nunca imaginou, vai ficar feliz de ver que ele também mudou, pelo jeito não descarta uma nova paixão, mas espera que ele ligue a qualquer hora para conversar, perguntar se é tarde pra ligar, dizer que pensou nela, estava com saudades..."
(Mesmo que Mude - Bidê ou Balde)


domingo, 13 de fevereiro de 2011

Vontades...

Vontade de escrever que o trabalho está uma porcaria, que me stresso a cada dia, que está um calor que ninguém está aguentando, que as aulas de inglês voltaram e a gente teve que fazer rebelião porque pagar pra ter aula com quase 15 pessoas numa sala não rola, que eu fui ao cinema assistir "Amor e Outras Drogas", que minha mãe me deu uma blusa bem fresquinha pra eu trabalhar, que eu estou fazendo planos pras férias (e torcendo mais do que nunca pra que eles dêem certo).
Vontade de escrever que estou cansada de gente doida, de gente hipócrita, de gente confusa e de gente que arruma confusão por nada.
Vontade de tomar um porre daqueles, de dançar até o amanhecer, de ficar jogando conversa fora, de ficar falando besteira, de viajar...
Vontade de ser feliz... é difícil?

"De repente a gente se encontra numa esquina, num outro planeta, no meio de uma festa ou duma fossa, a gente se encontra, tenho certeza." (Caio Fernando Abreu)

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Pensando em um bom título (mas que não seja repetitivo...)

Oi gente!
Sumi né. Mesmo com esse lay lindo que a Lelinha e minha best Ká fizeram pra mim, eu sumi!
Mas tive meus bons e ruins motivos...
Os bons foram uma festinha de aniversário que eu me acabei de dançar e um almoço num restaurante oriental com 2 amigos lindos!
O ruim? Fiquei doente! Virose... oh que novidade virose né minha gente! Fiquei tomando soro até 01:30 da manhã, beeeeeeeeeeem tenso, tava ficando desesperada naquela poltrona vulgo confortável. Fiquei 3 dias em casa e hoje voltei ao trabalho.

Dei uma melhorada no humor, nas coisas.
Fevereiro começou meio ruim, mas vai melhorar, ô se vai!
Vem com tudo fevereiro, vem violento!

A me deu um selinho que eu tenho que falar 10 coisas sobre mim e indicar 10 pessoas... mas oh, só vou escrever as 10 coisas hehe, fiquem a vontade!

1 - Tenho uma tatuagem, mas minha vontade é ter várias, principalmente escritas "perdidas" pelo corpo e um dos braços fechado.
2 - Sou Gastrônoma por formação.
3 - Já fui numa festa à fantasia de Amy Winehouse.
4 - Não quero morrer sem morar em Londres.
5 - Uma de minhas bandas preferidas é o Dance of Days, banda independente de SP, e por favor, quem não conhece, procure conhecer!
6 - Caio Fernando Abreu é meu Deus.
7 - Adoro doce e devido a isso (e a muitas coisas kkkkkkkkkkkk) sou gordinha desde sempre!
8 - Babo no cabelo da Marimoon!
9 - Prezo demais minhas amizades.
10 - Troco coca-cola por guaraná antártica.

E os fantasminhas camaradas (ou não!) que somem e aparecem das nossas vidas hein? Socorro!

"Foi tão idiota te dizer, agora eu estou aqui
sendo humilhado outra vez frente a seus amigos
O amor é um demônio desgraçado
que vive a me passar rasteiras
Queria saber como te tirar de minha vida
Talvez tudo mesmo seja a maneira
que eu encontrei pra acabar com meus dias
Vai ver viciei na sarjeta queimando a língua..."
(Vai Ver É Assim Mesmo - Dance Of Days)

domingo, 23 de janeiro de 2011

"Jogue suas mãos para o céu..."

Ontem, dia 22/01/11 (amanhã é 23, são oito dias para o fim do mês...) fui no show do Kid Abelha.
Quem me conhece sabe o quanto eu amo show, troco qualquer balada pra ir em um, gosto mesmo e só não vou em mais por pura falta de cifrões!
Aúdio ruim, calor infernal. Mas companhias incríveis, vibe boa e melhores sucessos... Todo mundo cantando junto, lindo!Estava precisando viu, ando desanimada, desmotivada, sem vontade de nada. Aquela coisa de querer dormir eternamente, cada dia um parto...
Deu pra dar uma revigorada! Obrigada Kid Abelha! Obrigada amigos lindos!
"Errando enquanto o tempo me deixar..."

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Ect e Tal...

Cansada!
E vou falar, enquanto meu blog não estiver a minha cara, não tenho muito ânimo pra postar aqui não, mas boatos que semana que vem as coisas vão mudar.
Fazer hora extra todo dia não está sendo fácil não, estou um caco!
Mas tem boatos também que sábado vou beeeeeeeeeeeeeem pra gandaia, vamos ver se vai dar certo!
Beijo e só me liga se for importante!

"Eu te amei muito. Nunca disse, como você também não disse, mas acho que você soube. Pena que as grandes e as cucas confusas não saibam amar. Pena também que a gente se envergonhe de dizer, a gente não devia ter vergonha do que é bonito. Penso sempre que um dia a gente vai se encontrar de novo, e que então tudo vai ser mais claro, que não vai mais haver medo nem coisas falsas."
(Caio Fernando Abreu)

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Quem sabe eu ainda sou uma garotinha...

Pra quem não sabe, sou a antiga "Melosa e Patética Garotinha."
Sim, eu cresci!

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

"Divã"

Assisti "Divã" pela segunda vez ontem e foi a melhor coisa que eu fiz numa terça feira a noite, onde eu tinha tido um dia péssimo.
Além de ter dado muita risada, chorei... gente, como eu chorei! Fazia tempo que não chorava desse jeito vendo filme!
Me encaixei tantas vezes nas cenas do filme que deu medo, muito medo mesmo!
Mas foi um medo com sinal de alerta, de correr atrás das coisas, de tentar melhorar... um medo de deixar a vida passar batido sabe...
Sei lá, ando tão estranha, desanimada... mas hei de melhorar!


"Se não era amor, era da mesma família. Pois sobrou o que sobra dos corações abandonados. A carência. A saudade. A mágoa. Um quase desespero, uma espécie de avião em queda que a gente sabe que vai se estabilizar, só não se sabe se vai ser antes ou depois de se chocar contra o solo.Eu bati a 200 km por hora e estou voltando á pé pra casa, avariada.
Eu sei, não precisa me dizer outra vez.
Era uma diversão, uma paixonite, um jogo entre adultos.
Talvez este seja o ponto. Talvez eu não seja adulta o suficiente para brincar tão longe do meu pátio, do meu quarto, das minhas bonecas.
Onde é que eu estava com a cabeça, de acreditar em contos de fada, de achar que a gente muda o que sente, e que bastaria apertar um botão que as luzes apagariam e eu voltaria a minha vida satisfatória, sem seqüelas, sem registro de ocorrência? Eu não amei aquele cara.
Eu tenho certeza que não. Eu amei a mim mesma naquela verdade inventada.
Não era amor,era uma sorte. Não era amor, era uma travessura. Não era amor, eram dois travesseiros.
Não era amor, eram dois celulares desligados.
Não era amor, era de tarde. Não era amor, era inverno.
Não era amor, era sem medo. Não era amor. Era melhor."
(Martha Medeiros)

PS: Vou arrumar o blog do meu jeitinho viu! Ainda nem passei o endereço pra todo mundo, mas vai ter link, vai ter template novo... não vai ficar sem sal assim não hehe

sábado, 1 de janeiro de 2011

Mas é tudo novo de novo...


Ano novo.
Blog novo.
Vida nova.
E "Que Seja doce..."