sábado, 24 de setembro de 2011

"...me resta então, aproveitar delícias nesse caos."

Por mais que a gente fuja, sempre chega aquele momento da vida que a gente tem que parar pra refletir, ver o que está fazendo, o que está certo, errado, o que a gente quer pra si. E pra mim, está chegando aos poucos. Estou tentando solucionar, resolver, viver melhor...
Certas coisas não vivem de reticências, e sim de pontos finais, por mais doloridos que eles possam ser.

"...a ventania de primavera levando para longe os últimos maus espíritos do inverno, cheiro de flores em jardins remotos."
(Caio Fernando Abreu)

terça-feira, 6 de setembro de 2011

"É preciso força, pra sonhar e perceber, que a estrada vai além do que se vê..."

Nem acredito que esse mês de agosto passou!
Nem acredito que estou mais calma, que as coisas estão fluindo, que estou em paz!
Nem acredito que estou longe de tanta gente ruim, vampiros, que só sugavam a minha energia e que me deixavam com a pior sensação do mundo!
Nem acredito que as coisas estão voltando ao normal...
Nem acredito que voltei a sonhar, a acreditar, a ter esperança...
Mas sempre acreditei: "Tudo vai passar..."

"A gente carrega dentro do peito todos os sonhos do mundo.
Isso é tão bonito, tão encantador, tão cheio de esperança.
Acho que é isso: precisamos da esperança, precisamos acreditar naquela fagulha que fica lá dentro dando a entender que tudo vai clarear, clarear, clarear."
(Clarissa Corrêa)