domingo, 19 de fevereiro de 2012

"E a colombina só quer um amor, que não encontra num braço qualquer..."

Carnaval me lembra tanto "Nem 5 Minutos Guardados", que me lembra Titãs, que me lembra Acústico MTV, que me lembra a música "Pra Dizer Adeus", que me lembra... ah, deixa pra lá!
A vida anda tão mais ou menos, tão mais ou menos, que ando me apegando em qualquer fio de esperança pra ter um pouquinho de forças pra continuar, seguir em frente!
Ando tão decepcionada com as pessoas gente, mas tão decepcionada que não sei se levo as coisas muito a sério, se sou muito sentimental ou o povo é falso e filho da puta mesmo!
Cada vez mais tenho me fechado, tenho guardado mais e mais as coisas pra mim, afinal, é difícil viver num mundo onde as pessoas perguntam se está tudo bem e saem andando antes de ouvir a resposta...
Sinto que coisas boas estão por vir, então tento sobreviver no meio desse caos!
Não vou nem ler o que escrevi porque sei que está uma confusão de idéias... mas a minha vida anda uma confusão também, então, deixa assim!
"As luzes querem me ofuscar
eu só quero que essa luz me cegue
nem 5 minutos guardados dentro de cada cigarro
não há pára-brisa pra limpar, nem vidros no teu carro.
O meu corpo não quer descansar
Não há guarda-chuva contra o amor
o teu perfume quer me envenenar
minha mente gira como um ventilador.
A chama do teu isqueiro quer incendiar a cidade
teus pés vão girando igual aos da porta estandarte..."

(Nem 5 Minutos Guardados - Titãs)

7 comentários:

Lulu on the sky disse...

Calma Ludi. Tudo vai se ajeitar. Acredito que as pessoas são muito egoístas, procuram olhar para o próprio umbigo e esquecem de ouvir e apoiar um amigo no momento que mais precisa. São nos momentos duros da vida é que a gente descobre quem são as pessoas e quem são os verdadeiros amigos.
Força! Tudo há de clarear.
Big Beijos

disse...

eeee carnaval...
e a vida mais ou menos...
se pararmos pra pensar anda mesmo... mas temos que viver sem esperar muito.
beijoooos

Lay Santana disse...

Detesto carnaval: As mentes e os corações são vazios e as garrafas são cheias. A festa acaba e as almas vazias voltam a viver sua vida medíocre.

Bom, eu levo as coisas a sério, eu sou sentimental e as pessoas são muito filhas da puta mesmo. Então, isso faz com que de vez em quando tenha minhas "crises de emo". Um horror.

Mas também tenho esperança de que as coisas vão dar certo esse ano. Esperança é o (pouco) que me resta, me agarro a ela o quanto posso.

Beijos.

Ju disse...

e por falar em titãs, tem um trecho no acustico que diz: carnaval, carnaval, eu fico triste quando chega o carnaval... coincidência né?
=)

Camyli Alessandra disse...

Meu coração andou dando uma esfriada nesses ultimos tempos as pessoas não querem mais saber dos sentimentos alheios pois esta acostumada ao semtimentalismo barato dos outros e cada vez menos se sabe quem é quem, então resolveram largar de mão...
Mas enfim, te livra ai dessa alegria comercializada que é o carnaval e fique bem.

Natália disse...

Ludi,
isso tem me acontecido também. Na verdade, recentemente várias pessoas queridas têm se reclamado de amizades, que só tem gente alma sebosa no mundo.
Parece que as pessoas estão olhando cada vez mais pro próprio umbigo e esquecendo de olhar pro lado.
O bom é que essa sensação ruim passa. E o melhor é que ainda existe gente boa no mundo.

Eu acredito muito nisso.
E mesmo quando eu fico deprê por causa de gente que não merece, me apego na lembrança das pessoas realmente boas que eu conheço, gente que faz cada encontro errado valer a pena.

Fique bem, mocinha.

Um beijo

Tathiana disse...

Parece que é cada um por si. Mas a gente ainda encontra quem valha a pena. Não é fácil, mas existe. Sobreviva. Tempos melhores virão.
Bjs.