domingo, 15 de fevereiro de 2015

...

Tenho um notebook vermelho, uma televisão no meu quarto e uma vontade imensa de conhecer o mundo. Tenho livros que já li mais de 5 vezes, tenho CD´s que nunca mais ouvi e tenho filmes que de tanto que já assisti, sei diálogos de cor. Tenho uma vontade incontrolável de comer doce na TPM, uma saia preta de bolinha branca e um vestido vermelho que parece mais uma toalha de mesa. Tenho que mandar fazer meus óculos antes que eu fique cega de verdade. Tenho um amor grande por caveiras, por comida Mexicana e pela Frida Kahlo. Tenho medo de te perder, mas como perder o que nunca se teve e se no final ninguém é de ninguém?



domingo, 25 de janeiro de 2015

Voltei.

E eu voltei porque senti saudades das nossas conversas intermináveis, do seu drama e das suas mensagens no celular me desejando bom dia e me informando do tempo. Eu voltei porque me deu vontade de sentar com você num bar e beber uma cerveja. Eu voltei pra te falar pela milésima vez que seu gosto musical é ruim, que você não fica bem com aquelas saias no joelho e que você não precisa usar aqueles sapatos com saltos de quase 15 cm. Voltei porque senti falta do seu abraço, dos beijos nas escadas rolantes e da forma que você cuidava de mim. Voltei porque era com você que queria ter feito aquela viagem. Voltei porque tenho certeza que as minhas fotos ficariam mais bonitas com você do meu lado. Voltei porque senti falta do seu sorriso e da sua risada. Voltei porque senti falta da sua mão na minha. Voltei porque nunca deveria ter ido. Voltei porque te amo.